Walter e Liat, pai e filha se reencontram após 18 anos.

Conheça agora a história que deu início a esta organização, e ninguém melhor para conta-la, do que quem a viveu, confira: meu nome é Walter Peceniski e vou tentar passar um pouco de uma parte da minha vida e do surgimento do Goodangels.

Em 1983 por frequentar um movimento juvenil em São Paulo, viajei para Israel com amigos da mesma idade de todo o Brasil para passar um ano em Israel, com o objetivo de conhecer como era a vida em um “KIBUTZ”. Logo que chegamos, fomos direto para o Kibutz Kfar Sold que fica ao norte de Israel, no Kibutz além dos integrantes existia voluntários que chegavam de todo lugar do mundo, também estava por lá, um grupo de soldados do exército de Israel fazendo um estágio para poder ser o primeiro grupo a constituir um novo kibutz.

Foi quando que conheci uma soldada, no quarto dia da minha chegada, que depois de um curto tempo, se tornou minha namorada, esposa, e mãe da minha primeira filha.

Quando a Liat nasceu, tentei viver com minha família aqui no Brasil, mas ela não conseguiu se adaptar e retornou à israel. Hoje, Ruth que é mãe de Liat é casada em Israel, assim como também me casei e tive mais 4 (quatro) filhos.

Quando nós nos separamos, tive que retornar ao Brasil e aos poucos fui perdendo o contato com a família de Israel, por diversos problemas e tudo ficou ainda mais difícil, quando elas mudaram de endereço.

Tempos se passaram e por aqui no Brasil, nunca deixei de lembrar minha filha. Quando ela fez 14 anos, procurou uma emissora de rádio em Israel e eles conseguiram me localizar e fazer contato comigo aqui no Brasil. Depois disso nunca mais perdemos o contato. Minha filha Liat Peceniski ingressou na universidade de medicina em Israel e junto a isso vai seguir carreira militar, mas antes de começar essa nova etapa da sua vida, quis conhecer pessoalmente a sua origem e com a graça de Deus e muito esforço (sou muito grato especialmente a minha atual esposa Gislaine) minha filha passou alguns dias aqui no Brasil conosco e depois desse momento tão marcante em nossas vidas, decidi que dali em diante realizaria reencontros de famílias que passam por esta mesma situação.